Ginásio poliesportivo de Itabaiana incentivará desenvolvimento de atividades físicas no interior

Com praticamente metade da sua estrutura construída, o ginásio poliesportivo de Itabaiana, segundo maior de Sergipe, vai proporcionar que moradores do município e da região tenham acesso a um espaço amplo e moderno para a prática de atividades físicas. O investimento de R$ 14.244.205,44 do Governo do Estado, fruto do programa Sergipe Cidades, é um incentivo ao desenvolvimento dos esportes no interior. A previsão é que a população possa desfrutar da obra já no segundo semestre deste ano.

O ginásio será totalmente acessível para pessoas com deficiência, oferecendo 16 rampas, que estarão estrategicamente posicionadas em diversos pontos do imóvel, piso táctil e sanitários adaptados. Além disso, dos 2.376 lugares disponíveis na arquibancada, 28 serão destinados a cadeirantes, garantindo acomodação adequada.

Para o secretário de Estado do Esporte e Lazer (Seel), Antônio Hora, Itabaiana possui predisposição à prática esportiva e o ginásio vai servir como referência para a realização de atividades físicas. “Itabaiana se trata de um grande centro que consegue referenciar cidades da região, a exemplo de Moita Bonita, Ribeirópolis, Campo do Brito e Macambira. E a construção desse ginásio poliesportivo faz com que o Estado possa democratizar a prática esportiva em Sergipe, fazendo com que a inclusão social se consolide também por intermédio do acesso à atividade física”, disse.

O engenheiro da Companhia Estadual de Habitação e Obras Públicas (Cehop), Mozart de Oliveira, que fiscaliza a obra, acredita que, com a construção do ginásio, o governo demonstra a importância de Itabaiana e proporciona o desenvolvimento de Sergipe. “Esse é o segundo maior ginásio do estado. É um presente que o governo oferece à população. Ter um ginásio desse porte é muito bom, tanto para o povo de Itabaiana, como da redondeza. É um ginásio preparado para desenvolver qualquer tipo de esporte, como vôlei, basquete e futebol. É uma infraestrutura fantástica”, destacou.

Com 48% das obras executadas, o ginásio está sendo edificado nas ruas Leandro Maciel e Coronel Sebrão em uma área de 21.973,15 m², sendo 5.558,67 m² de espaço construído. Haverá estacionamento para ônibus, e também para carros, com 220 vagas. Além disso, o local contará com vestiários para equipes e juízes, salas de administração, de aquecimento, e para atendimento médico, tribuna com 118 lugares e cabines de transmissão de rádio e TV.

A auxiliar administrativa Rafaela Maria dos Santos mora quase em frente ao local da obra e comenta que acompanha constantemente o trabalho dos operários. Ela acredita que o ginásio vai valorizar não só a sua casa, como as demais da vizinhança. “A obra chama tanto a atenção, que quem não mora perto, quer vir para cá. Considero a construção desse ginásio um ótimo investimento. Ele vai ser bom demais, pois teremos acesso à prática de vários tipos de esporte. Estou curiosa para ver como vai ficar”, comentou.

A gestão estadual pretende que o ginásio atenda às diferentes práticas esportivas e, por isso, o local será dotado de traves de futebol de salão, estruturas de vôlei e basquete, com as respectivas redes instaladas, bem como terá demarcações com dimensões oficiais no piso e rede de proteção nas laterais. A cobertura será em telha de alumínio ondulado e terá luminárias industriais sem vidro e alojamento redondo.

O secretário de Estado da Infraestrutura, Valmor Barbosa, explica que a parte estrutural do ginásio está praticamente pronta, a edificação da cobertura está sendo executada e o trabalho de tratamento de esgoto está concluído. “São várias frentes de trabalho a fim de que a execução da obra siga o cronograma estabelecido. Com essa intervenção, o governo demonstra sua sensibilidade também com a juventude, que precisa de esporte e lazer”, afirmou.

A questão do desenvolvimento social também foi destacada por Antônio Hora, que afirma que o Estado também se preocupa em desenvolver políticas de inclusão. “E o esporte e a construção desse ginásio são uma demonstração clara desse compromisso”.

Professor de educação física do Colégio Estadual Murilo Braga, Wendel de Oliveira relatou que Itabaiana estava carente de um espaço público para a realização de eventos esportivos. “Os lugares que existem são, em sua maioria, particulares. Além disso, não só Itabaiana como a região está precisando de ginásios esportivos dessa amplitude. Como docente tenho interesse em levar meus alunos para praticar atividades físicas lá”.

Wendel também atua como presidente da Federação Sergipana de Badminton e acredita que o novo ginásio poliesportivo pode ajudar a desenvolver a modalidade em Sergipe. “Assim que estiver pronto, já vou solicitar o uso. Várias escolas públicas e particulares adotam a prática do Badminton no município, que é um esporte atualmente muito forte nas unidades de ensino do governo. Não é à toa que os melhores alunos dessa prática são da rede estadual”, relatou.

Outra vantagem do ginásio é a promoção de empregos. De acordo com o mestre geral da obra, Dario Santos, a maior parte dos 70 trabalhadores é de Itabaiana ou mora no município. Um deles é o eletricista Leonardo de Jesus. “Esse emprego foi importante para mim, pois do jeito que está a crise, seria difícil encontrar um trabalho. Sinto-me feliz por ver essa obra acontecendo e é gratificante trabalhar nela. Quando ficar pronta, se tiver oportunidade irei utilizar esse ginásio”, contou Leonardo.

Mais investimentos

Além do ginásio poliesportivo, o Governo do Estado promove mais investimentos na principal cidade da região Agreste. São mais de R$ 212 milhões em obras de saneamento básico, que envolvem esgotamento, drenagem e abastecimento de água, desenvolvimento econômico, através de projeto de construção da nova Central de Abastecimento (Ceasa), e de abertura da Rota do Agreste, rodovia que liga Itabaiana a Itaporanga.

Conhecido por ser um município com grande movimentação comercial, Itabaiana irá receber uma nova Ceasa para promover o desenvolvimento, regularizar e organizar a comercialização dos produtos de hortifruticultura. A obra é realizada pelo Programa de Apoio ao Investimento dos Estados (Proinveste) e está orçada em mais de R$ 28 milhões.

Em consonância com o comércio pujante de Itabaiana, o Governo do Estado promove também a construção da Rota do Agreste, rodovia de 52 km que ligará o município à BR-101 na altura do município de Itaporanga, especificamente no povoado Aningas. Com R$ 63 milhões frutos do Proinveste, a estrada fortalecerá a economia da região, pois cria uma nova variante rodoviária no estado e facilita o escoamento da produção agrícola regional para a região sul de Sergipe e também para a Bahia.

As obras de saneamento básico, por sua vez, superam os R$ 108 milhões. A primeira etapa da obra de esgotamento sanitário da sede do município já está praticamente concluída. A segunda, que contempla ampliação da rede e promoção de serviços de drenagem, já teve seu projeto de contratação encaminhando pelo governo. Já a parte de abastecimento vai contemplar a ampliação do sistema integrado do Agreste.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA